O que é e como funciona a Antecipação de Recebíveis

Helena Leite

Helena Leite

Head of Creadit da a55

antecipação de recebíveis

Em alguns momentos, uma empresa pode precisar de capital de giro para continuar com as operações ou investir em expansão. Nesses casos, a antecipação de recebíveis pode ser uma alternativa.

Isso porque, com esse recurso o empreendedor recebe o montante das suas vendas de maneira adiantada, podendo utilizar o dinheiro para as necessidades urgentes da empresa.

Neste artigo nós vamos contar para você o que é essa modalidade, como ela funciona, quais suas vantagens e cuidados necessários ao considerar essa opção. Confira.

O que é Antecipação de Recebíveis

Existem diversos motivos para uma empresa considerar essa alternativa, como por exemplo obrigações fiscais e trabalhistas, investimento, expansão e melhorias de produtos.

No caso das empresas que atuam no modelo de receita recorrente, mesmo com um bom volume de vendas, o dinheiro só chega depois de um certo período de tempo. No caso dos e-commerces que vendem a prazo, a situação é a mesma. Se as vendas estão boas, mas o pagamento é feito em parcelas, o dinheiro só é recebido mais tarde.

Nesses casos, algumas empresas recorrem a antecipação de recebíveis. Em resumo, significa recorrer a um dinheiro que já é da sua empresa. Parece simples, mas é preciso ter cuidado ao considerar essa alternativa.

Essa modalidade, assim como todo recurso financeiro, exige planejamento e boa gestão. Principalmente porque ela está relacionada diretamente ao seu fluxo de caixa.

É o mesmo que solicitar um empréstimo?

Não. Logo no início é importante ressaltar que solicitar a antecipação não é a mesma coisa que solicitar um empréstimo.

Ao solicitar um empréstimo, a empresa recorre à uma instituição financeira para pegar um dinheiro que não é dela, ou seja, ela pega emprestado uma quantia, que deve ser devolvida com juros.

Cada instituição financeira avalia os juros e o risco de crédito de acordo com o grau de confiabilidade da empresa que está solicitando e o tempo de quitação da linha.

Já na antecipação de recebíveis, o risco de inadimplência pode ser menor, visto que a empresa solicita um valor que ela sabe que vai receber, possibilitando um menor risco de crédito.

Podemos dizer que a antecipação traz mais segurança para os envolvidos na operação. De um lado o empreendedor demonstra que tem condições de quitar a dívida e do outro a instituição financeira cobra menos pelo risco.

Como antecipar recebíveis?

Essa alternativa pode ser solicitada em três modalidades:

  • Bancos – apresentam taxas competitivas, mas com maior burocracia;
  • Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) – possuem taxas menores, com processo de desembolso mais rápido;
  • Factoring – apesar das taxas maiores, o processo tem menos burocracia que os demais.

Antes de escolher uma das opções, pesquise quais as melhores taxas, garantias e condições são oferecidas pelas instituições e analise detalhadamente qual faz mais sentido para o seu momento.

Vale lembrar que os bancos, fintechs e demais instituições solicitarão diversos documentos para análise, então é importante manter suas obrigações em dia, bem como um histórico de tudo, para passar credibilidade e segurança a essas empresas.

Quais as vantagens?

A principal vantagem da antecipação de recebíveis é que o empresário não está solicitando algo que não é seu, ou seja, ele só pega a quantia equivalente ao que vai receber no futuro. 

Além disso, a operação pode ser mais rápida e simplificada do que outras modalidades de recursos financeiros, podendo ser utilizada em situações de emergência.

E as desvantagens?

A primeira desvantagem é o risco de inadimplência dos clientes da empresa que solicitou a antecipação. Se os clientes não cumprirem com as suas obrigações, muito provavelmente sua empresa não terá como quitar a dívida adquirida com a antecipação.

Por ser uma opção rápida, alguns empresários criam o hábito de antecipar recebíveis. No entanto, quando isso acontece, esse crédito se torna uma fonte de capital de giro cara e pode até comprometer a saúde financeira da empresa.

antecipação de recebíveis

Cuidados

O primeiro passo antes de antecipar seus recebíveis é ter um bom planejamento do seu negócio, analisar seu fluxo de caixa, suas obrigações financeiras. Além disso, tenha clareza no que diz respeito ao uso do dinheiro. Antes de solicitar qualquer recurso financeiro, é muito importante que você saiba exatamente que será o destino dele.

Dessa forma você não corre o risco de se perder com relação aos seus objetivos, sejam eles de crescimento e expansão ou arcar com custos das operações da empresa.

Em seguida, o próximo cuidado é escolher a melhor opção para sua empresa, analisando taxas, garantias e benefícios entre todas as fintechs e bancos disponíveis.

Outras alternativas

Além das linhas de antecipação de recebíveis, existem outras alternativas para amparar a sua empresa no momento de crescimento, como o crédito digital ou então financiamentos para empresa com receita previsível.

Outra alternativa muito interessante é a Plataforma a55, que reúne em um único local todas as informações necessárias para gerir e analisar seu faturamento por cliente, junto com a possibilidade de cadastrar quantas contas bancárias quiser e ter uma visão consolidada de todas elas.

A Plataforma a55 é gratuita e permite que você saiba exatamente como está a saúde financeira da sua empresa, podendo prever oportunidades de crescimento e possíveis áreas que precisam de maior atenção.

Clique aqui para cadastrar gratuitamente sua empresa e suas contas.